Investigado por estelionato imobiliário em Uruaçu é preso no Ceará

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Uruaçu, deflagrou ontem (19) a Operação Passa o PIX, que contou com o apoio da Polícia Civil do Estado do Ceará, a fim de cumprir mandado de prisão preventiva contra Walter Moreno de Souza Júnior, 34 anos, indiciado em três inquéritos policiais pela prática de vários crimes de estelionato imobiliário na cidade de Uruaçu. A investigação demonstrou que Walter vendia lotes que não lhe pertenciam e também simulava intermediação imobiliária sem conhecimento dos reais proprietários, recebendo indevidamente quantia das vítimas, que pensavam estar pagando o valor equivalente à entrada de um imóvel adquirido. O indiciado foi preso na cidade de São Gonçalo do Amarante, Ceará.

A divulgação da imagem do investigado foi feita por meio do despacho do delegado responsável pela investigação, com fulcro na Lei nº 13.869/2019 e da Portaria nº 547/2021 – PC, e visa o reconhecimento por testemunhas e vítimas, uma vez que ele é suspeito de ter cometido outros estelionatos da mesma natureza.