A Escola do Futuro representa a transformação que este governo promoveu na região do Entorno do DF”, avalia Daniel Vilela.

O Governo de Goiás inaugurou na cidade de Valparaíso, uma nova unidade de ensino voltada para cursos profissionais e tecnológicos. Durante a cerimônia, o vice-governador ressaltou a importância da escola para a formação de jovens para as novas demandas do mercado de trabalho

A oferta de educação de qualidade, alinhada com as demandas globais, é um pilar essencial para a visão de progresso e desenvolvimento. É o que defendeu o vice-governador de Goiás, Daniel Vilela, ao apontar que a inauguração da Escola do Futuro de Valparaíso “representa a transformação que este governo promoveu na região do Entorno do DF nos últimos anos”. Segundo ele, a garantia de acesso gratuito a um espaço de formação moderno e com ferramentas de última geração reforça o compromisso do governador Ronaldo Caiado em promover o desenvolvimento, a cidadania e um futuro de melhores condições.

“Um local que vai transformar vidas, especialmente de muitos jovens que precisam estar habilitados para ocupar as funções necessárias e bem remuneradas que são vinculadas às habilidades digitais”, definiu o vice-governador, ao pedir que a comunidade conheça a estrutura da Escola do Futuro. “Aqui temos laboratórios de robótica, programação, e-sports, biblioteca, incubadora e tantas outras ferramentas que estão disponíveis para todos”, reforçou.

O vice-governador ainda defendeu que é preciso reconhecer a função social da Escola do Futuro, que “é um equipamento público que consegue formar jovens, tornando-os independentes financeiramente, graças ao ensino de habilidades demandadas pelo mercado atual”.

A unidade inaugurada em Valparaíso é a segunda da região do Entorno do DF – a primeira fica em Santo Antônio do Descoberto. Por meio do Goiás Social, as Escolas do Futuro são uma iniciativa de educação gratuita e de qualidade para jovens do ensino médio, superior e pessoas que procuram recolocação profissional ou querem empreender. Foram criadas em 2021 mediante convênio firmado entre a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e a Universidade Federal de Goiás (UFG).

As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo site www.efg.org.br. Conforme o titular da Secti, José Frederico Lyra Netto, a grande procura por cursos na região demonstra que há uma demanda reprimida. “No Entorno de Brasília, abrimos, só neste ano, 1,7 mil vagas e tivemos 2,66 mil inscritos”.

Social
 Logo após a inauguração da Escola do Futuro, foi realizada a cerimônia de entrega de cartões de benefícios sociais a 1.147 selecionados pelos programas Mães de Goiás, Dignidade e Aluguel Social. “Acho que tudo isso representa bem a marca do governador Ronaldo Caiado, que vai desde o atendimento à família que precisa de amparo imediato até a criação das condições para que os jovens e os adultos também estejam qualificados para estarem no mercado de trabalho”.

Ao todo foram entregues 121 cartões do programa Dignidade, que atende pessoas idosas entre 60 e 64 anos com R$ 300,00 mensais, e outros 549 cartões do Mães de Goiás, voltado às mulheres com crianças entre 0 e 6 anos de idade. Também foi repassado pela Agência Goiana de Habitação (Agehab), 477 cartões do Aluguel Social, que concede subsídio de R$ 350 por mês, durante 18 meses, para famílias em situação de vulnerabilidade.

Foto: André Costa

Em cerimônia de inauguração da Escola do Futuro, em Valparaíso, Daniel Vilela destaca a importância da formação para novas habilidades exigidas pelo mercado
Daniel Vilela, ao lado do governador Ronaldo Caiado, enfatiza as mudanças promovidas pelo Governo do Estado na região do Entorno do DF.
Jovem conhece as estruturas e ferramentas modernas da Escola do Futuro inaugurada em Valparaíso

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui