Governo de Goiás e MP-GO promovem capacitação da ‘Cartilha Parto Seguro’ no HCN

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), em parceria com o Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO), promove a ‘Cartilha Parto Seguro’ nas unidades de saúde. O material traz orientações sobre parto seguro e violência obstétrica, com o foco na conscientização das mulheres sobre os direitos em relação ao seu corpo e ao processo reprodutivo. 

“A partir dessa parceria será possível qualificar os profissionais de saúde, explicando o modelo de plano de parto para a gestante atendida pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e reforçando os compromissos de uma atenção equânime, integral e humanizada”, pontua o subsecretário de Atenção e Vigilância em Saúde, Luciano Moura. 

A criação da cartilha é uma iniciativa do MP-GO. De acordo com a promotora de Justiça responsável pelo projeto, Lucinéia Vieira Matos, um dos principais objetivos é auxiliar as gestantes a elaborarem seus planos de parto, com assistência dos profissionais que fazem seu acompanhamento pré-natal e, assim, apresentá-lo na unidade de referência na hora do parto. 

Capacitação

O treinamento, que abrangerá todo o estado, teve início no Hospital Estadual do Centro-Norte Goiano (HCN), em Uruaçu. A capacitação foi voltada aos coordenadores da Atenção Primária à Saúde (APS) dos hospitais municipais e enfermeiros que realizam o acompanhamento pré-natal das gestantes. A divulgação do projeto Parto Seguro será feita também por meio de cartazes distribuídos nas unidades de saúde de toda a região.

Segundo o diretor assistencial do HCN, João Batista da Cunha, é necessário manter ações de conscientizar dos profissionais e da população em geral. “Desta forma, as gestantes podem cobrar seus direitos e entender melhor como o processo assistencial funciona, contribuindo com a equipe médica no seu cuidado”, ressalta o diretor. Além da apresentação da Cartilha Parto Seguro, a programação contou com palestras sobre “Impactos Psicossociais da Violência Obstétrica” e “Cuidado Amigo da Mulher”. 

Tratamento humanizado

O Centro Obstétrico do HCN segue todas as diretrizes da Aliança Nacional para o Parto Seguro e Respeitoso, visando combater a violência obstétrica e oferecer sempre o melhor tratamento às suas pacientes gestantes e puérperas de forma humanizada e respeitosa. 

No hospital, as parturientes podem contar com o apoio de uma equipe multiprofissional composta por enfermeiras obstetras que acompanham o trabalho de parto, médicos voltados para a atenção da gestante, fisioterapeutas, psicólogos, além de um Pronto-Socorro especializado em atendimento à mulher.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui