Idoso é autuado em flagrante por receptar e remarcar sinal de animais em Vila Propício

A Polícia Civil, por meio do Grupo de Repressão a Crimes Patrimoniais (Gepatri) e Ponto Focal Rural de Goianésia, prendeu em flagrante na quarta-feira (07/06), um senhor de 63 anos suspeito de receptar semoventes e suprimir as marcas nos animais. Os policiais civis foram informados de que havia na terra de um senhor aproximadamente seis cabeças de gado com marcas suprimidas. A perícia foi acionada para verificar possível supressão/remarcação de marca animal, nas seis reses, sendo cinco vacas e um bezerro.

A equipe policial deslocou-se até a propriedade rural do indivíduo suspeito, localizada na zona rural de Vila Propício. Ao chegar no local, o próprio investigado informou que já havia feito a perícia nos devidos animais e que estes já haviam sido devolvidos aos reais proprietários. A par dessas informações, os policiais localizaram uma das vítimas que, no dia anterior, registrou ocorrência relatando furto de semoventes e que chegou ser ouvido na delegacia.

Foram identificadas duas vítimas que tiveram seus animais localizados na terra do investigado / Foto: Polícia Civil Goiás

Foram identificadas duas vítimas que tiveram seus animais localizados na terra do investigado. As vítimas acompanharam a perícia que constatou que de fato os animais localizados na propriedade do investigado estavam com as marcas suprimidas. Diante do exposto, o idoso investigado foi conduzido à delegacia e ouvido assim como vítimas e testemunhas. A perícia verificou no local diversos animais com marca suprimida além dos periciados, e que forma como a remarcação é feita configura maus-tratos de animais, pois ele queimava a região da marca anterior para sobrepor a sua marca, causando intenso sofrimento aos animais. O investigado foi autuado em flagrante por este crime e por receptação. A investigação teve apoio da Polícia Militar local.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui