Polícia Civil deflagra operação Deleviveryman em Anápolis, Goianésia e Aparecida de Goiânia terminando e prisão e apreensão

O Grupo Especial de Repressão a Narcóticos da 15ª Delegacia de Polícia de Goianésia, com apoio da CPE/27ªCIPM/Goianésia, do GIH/Anápolis, do 4º DP de Aparecida de Goiânia e do CORE/GT3, deflagrou, na manhã de quarta-feira (24/05), a Operação Deliveryman, com o fim de combater o crime de tráfico de drogas na cidade de Goianésia e região.

Ao todo, foram cumpridas 12 cautelares, sendo 07 mandados de busca e apreensão em Goianésia, 02 em Anápolis e 02 em Aparecida de Goiânia. Também foi cumprido um mandado de prisão temporária em Goianésia.

Delegada que conduziu a operação, Ana Paula Pedrotti. / Foto: Polícia Civil

Em Aparecida de Goiânia, foram apreendidas duas armas de fogo, uma TOYOTA/Hilux, celulares e tablets. Em Goianésia, foram apreendidas diversas porções de cocaína, balanças de precisão, uma arma de fogo, celulares, dinheiro, cartões bancários, um VW/Polo, uma CHEVROLET/Montana e três motocicletas utilizadas nas entregas de açaí e drogas.

Em razão das apreensões, 04 pessoas foram presas em flagrante de delito por tráfico de drogas e posse de arma de fogo. Eles se encontram a disposição do Poder Judiciário. As investigações continuam.

A operação recebeu o nome de Deliveryman (entregador, em inglês), tendo em vista que a associação para o tráfico se utilizada de um comércio de delivery de açaí como fachada para a venda de entorpecentes. O local onde ficava o comércio possuía diversas câmeras de segurança para monitorar a movimentação de usuários e policiais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui