Funcionários da Coca-Cola são investigados por desviar cargas de Heineken para vendê-las em distribuidora de bebidas

Funcionários da fábrica de bebidas Refrescos Bandeirantes, em Trindade, na Região Metropolitana de Goiânia, foram presos na manhã desta sexta-feira (5) suspeitos de burlarem o sistema de contagem de dentro da empresa e furtarem cervejas Heineken em entregas foras de rota. Alguns tinham, inclusive, distribuidoras de bebidas. As informações são do delegado responsável pelo caso, Rafael Borges.

Entre os presos estão funcionários da empresa e um caminhoneiro, os quais desviaram dois paletes de cerveja durante o processo de carga e descarga do produto dentro da fábrica. Segundo o delegado, a carga estava avaliada em R$ 31 mil.

Um receptador da bebida, que era dono de uma distribuidora no Jardim América, em Goiânia, já havia sido preso e parte da carga, recuperada. Segundo o delegado, a investigação começou após a empresa observar, pelo circuito interno de câmeras de segurança da empresa, que bebidas que deveriam estar em um caminhão, foram repassadas para outros.

Durante a operação, cinco pessoas foram presas, todas trabalhavam na empresa. As funções se dividiam em operadores de empilhadeiras, ajudantes de carga e descarga e caminhoneiro.

A polícia cumpriu também seis mandados de busca e apreensão. Dentre os bens apreendidos, estão R$ 20 mil em notas de R$ 100 e uma moto de luxo.

G1 GO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui