Caiado anuncia três primeiras obras com recursos da taxa do agro

O Conselho Gestor do Fundo Estadual de Infraestrutura (Fundeinfra) aprovou, em reunião na última quarta-feira (3), no Palácio das Esmeraldas, em Goiânia, a lista que contempla as três primeiras obras que serão realizadas com recursos financeiros da chamada taxa do agro. São elas: a duplicação da GO-174, entre Rio Verde e Montividiu; a pavimentação da GO-401, na região do Rio Preto; e a pavimentação da GO-309, entre Cristalina e Unaí, na divisa com Minas Gerais.

O valor estimado pelo governo estadual é de R$ 218.327.802 para as três obras.



A reunião acertou ainda que será necessária a contratação dos serviços de supervisão para cada obra com recursos do Fundeinfra, conforme orientação do Tribunal de Contas do Estado de Goiás (TCE-GO). Tanto a gestão técnica da fase executiva do empreendimento como o controle tecnológico e das interfaces administrativas serão acompanhados.

O governador Ronaldo Caiado (UB) apontou que as rodovias estão em áreas consideradas pelo estado como produtivas, mas com dificuldade logística para escoação da produção e para aquisição de produtos para o plantio.

Obras

A GO-174 possui tráfego intenso de veículos pesados e alta quantidade de indústrias localizadas em perímetro urbano. O trecho é considerado fundamental para o escoamento de produtos, além de funcionar como porta de entrada para Rio Verde.

O governo projeta para a rodovia quatro pistas (duas principais e duas marginais), que serão construídas em pavimento rígido. A obra terá extensão de 7,4 quilômetros, com valor estimado de R$ 62,4 milhões.

A pavimentação da GO-401 também atenderá a liberação expressa de produtos em uma área de mais de 61 mil hectares, dos quais 60% são ocupados por lavouras. Receitas apuradas em 2019 indicavam produção de R$ 460 milhões na região por meio da soja, do milho, da criação de gado e de granjas de aves e suínos. Serão pavimentados 33,52 quilômetros, com investimento de R$ 76.887.802,56.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui