Caiado vistoria obras do Complexo Oncológico, 1ª unidade de saúde pública dedicada exclusivamente ao tratamento de câncer

Governador esteve na área onde está sendo construído o Complexo Oncológico de Referência do Estado de Goiás acompanhado de Henrique Prata, presidente da instituição que doou o projeto e integrará a gestão do hospital. Terraplanagem está sendo concluída.

“Isso vai se concretizar no sonho de tratar dignamente nossas crianças com câncer. E na segunda etapa, vamos tratar também os adultos”, disse o governador Ronaldo Caiado ao vistoriar as obras do Complexo Oncológico de Referência do Estado de Goiás (CORA), ontem (10). 

O governador Ronaldo Caiado vistoria as obras do Complexo Oncológico de Referência do Estado de Goiás (CORA), ele estava acompanhado de Henrique Prata, responsável pela gestão do Hospital de Amor de Barretos (SP) referência no tratamento oncológico – Imagem: Secom

“Não é um projeto de mais um hospital, é um projeto que não existe na medicina privada”, disse Henrique Prata que acompanhou o governador durante a visita e está à frente da Fundação Pio XII, que doou o projeto para execução da obra e integrará a gestão da unidade. A instituição é a responsável pela gestão do Hospital de Amor de Barretos (SP), referência no atendimento oncológico.

Caiado conheceu mais detalhes da planta do hospital e as etapas da construção. Após a terraplanagem, os alicerces da primeira unidade de saúde pública dedicada exclusivamente ao tratamento de câncer começam a ser construídos. “Estamos hoje vistoriando, obra em ritmo acelerado, em breve iniciamos as fundações”, reforçou o governador durante a vistoria.

Com investimento de R$ 424,7 milhões de recursos do Tesouro Estadual, o novo hospital terá área total construída 44,7 mil metros quadrados, em um terreno localizado próximo à Central de Abastecimento de Goiás (Ceasa) e à BR-153, em Goiânia.

A obra foi lançada no dia 13 de fevereiro e vai entregar para a população goiana 148 leitos destinados à internação de pacientes adultos e pediátricos, com uma estrutura completa de centro cirúrgico, farmácia, centro de exames por imagem e infusão quimioterápica. A ala pediátrica deve ser entregue no segundo semestre de 2024.

Em seguida, a unidade de saúde será totalmente concluída com a entrega da ala dedicada ao tratamento especializado de adultos. A unidade realizará procedimentos de alta complexidade, como transplante de medula óssea, e terá ainda uma ala de prevenção ao câncer e um alojamento para receber familiares de pacientes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui