Prefeito e secretária de Educação fazem entrega simbólica de kits escolares, que beneficiam mais de 7 mil alunos

Débora Eduarda, Caleb e Leandro, todos de 7 anos, alunos do 2º ano do Ensino Fundamental I, da Escola Municipal Saint-Clair Ottoni da Silva, receberam, na manhã desta quinta-feira, 19 de janeiro, das mãos do prefeito Leonardo Menezes e da secretária municipal de Educação, Elisandra Carla Menezes, os kits escolares que os atenderão iniciante ano letivo de 2023.


Ao todo, mais de 7,1 alunos, matriculados nas escolas da rede municipal de Goianésia, são beneficiados. A entrega nesta quinta foi simbólica, pois muitos dos alunos já tinham recebido os materiais na véspera, em todas as unidades de ensino, quando do primeiro dia de aula.


Secretários de outras pastas, como André Wenceslau (Meio Ambiente e Serviços Urbanos), Gesmar Calanguinho (Infraestrutura), Marcos Pernambuco (Trabalho), o superintendente municipal de Trânsito, Jonathas Lopes, assessores do prefeito, como Jota Carlos, vereadores, presidentes de associações de bairros e gestoras de outras unidades de ensino acompanharam a entrega dos kits na Saint-Clair Ottoni, depois de terem prestigiado também, na mesma manhã, a inauguração da reforma e ampliação da Creche Municipal Márcio Túlio Oliveira Santana.


“Aproveitamos que fizemos a entrega da reforma e ampliação da Creche Márcio Túlio, e estamos aqui no Saint-Clair, com o prefeito Leonardo Menezes, as aulas começaram ontem [quarta-feira, 18], as crianças já levaram material para casa, e nós viemos aqui hoje para fazer essa entrega simbólica e para agradecer também ao prefeito por todo o empenho, todo o investimento que ele tem feito na educação do nosso município”, afirmou Elisandra Menezes.


“A entrega desses kits escolares é um investimento que a Prefeitura de Goianésia faz para os nossos alunos. Entregamos esses kits agora, igual fizemos no ano passado, e esses mesmos alunos já receberam também os uniformes escolares, as mochilas. O maior investimento da Prefeitura é na educação, importante para a gente ter cidadãos melhores no futuro”, disse o prefeito Leonardo Menezes.
“A entrega desses kits escolares vem ajudar muito no desenvolvimento, na aprendizagem da criança, porque ela chega e se sente igual a todos com o material. Dá esse sentido de igualdade, o que levanta a autoestima, aumenta também a vontade do aluno de aprender”, avalia a gestora da Escola Municipal Saint-Clair Ottoni, Clarineide Félix de Oliveira, que ainda considera o ganho econômico para as famílias. “Vem ao encontro das necessidades delas. Nossa escola, por exemplo, é de periferia, e nem todos os pais têm condições”.


Os estudantes de todas as unidades de ensino de Goianésia, da rede municipal de ensino, recebem os kits escolares, que já estavam nas instituições antes mesmo do início das aulas. As entregas tiveram início na quarta-feira e seguem ao longo da semana.


A secretária Elisandra Menezes disse acreditar que o município contribui, de forma prática e efetiva, com os pais de alunos, em seus orçamentos familiares.


“A gente sabe das dificuldades, algumas famílias, se tirarem esse recurso para compra de materiais escolares, talvez faria falta até para o alimento, dependendo da situação que a família está. Então, o poder público vem com esse investimento, que não é obrigatório, porém, é um investimento daquele prefeito que tem esse olhar carinhoso de contribuir não só ofertando a escola, ofertando o professor, mas ofertando também o material, contribuindo com a renda de cada família”, considerou Elisandra Menezes.
Prestigiaram as entregas dos kits escolares, entre outras lideranças, os vereadores Múcio Santana, presidente da Câmara Municipal, Salete Carrilho, Sargento Ariosvaldo, Edvaldo da Jalles, Ismael do Gasparino, Edilson Cabecinha e Geraldo do Pastel; e os presidentes de associações dos bairros Santa Tereza, Célio Cândido da Silva; Amigo, Nilvando Tomás Pereira; Jardim do Cerrado, Reginaldo Pereira do Nascimento; e, ainda, o presidente da Central das Associações de Moradores Urbanos de Goianésia (Camug), Elias Soledade.

QUEM RECEBE


São dois kits distintos entregues aos alunos: um para crianças da Educação Infantil, que atende da Pré-escola (Jardim I e Jardim II) e dos primeiros anos do Ensino Fundamental 1 (1º e 2º anos); e outro para alunos também das séries iniciais do Ensino Fundamental 1 (porém, do 3º, 4º e 5º anos).
Alunos do Ensino Fundamental 2, que são os anos finais, do 6º ao 9º ano, não estudam em escolas municipais em Goianésia, mas nas estaduais.

O QUE OS KITS CONTÊM


“Os kits contêm cadernos, lápis, borracha, apontador, estojo, gizão de cera, canetinha, caderno de desenho, materiais básicos que, com certeza, vão contribuir com as famílias, que ficam felizes em fazer essa economia”, resumiu, genericamente, a secretária Elisandra Menezes.
Os da Educação Infantil, que atendem às crianças do Jardim 1 e Jardim 2, são iguais aos dos alunos do 1º e 2º anos do Ensino Fundamental, e contêm, precisamente: estojo escolar, borracha, apontador, três lápis de escrever, uma caixa de gizão de cera, uma tesoura, uma cola, uma caixa de lápis de cor de 24 cores, um conjunto de canetinhas hidrográficas, uma régua, três cadernos de escrever e um caderno de desenho.

Já os kits dos alunos do 3º, 4º e 5º anos do Ensino Fundamental contêm: estojo escolar, borracha, apontador, três lápis de escrever, uma tesoura, uma cola, uma caixa de lápis de cor de 24 cores, um conjunto de canetinhas hidrográficas, uma régua, quatro cadernos de escrever e um caderno de desenho e, ainda, um caderno de caligrafia.


A diferença de um kit para o outro é que aos alunos do 3º ao 5º ano não é entregue a caixa de gizão de cera; mas ganham quatro cadernos, em vez dos três dados aos alunos da Educação Infantil e do 1º e 2º anos; mais um caderno, de caligrafia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui