Após áudio com ameaças, juíza obriga ex-prefeito de Porangatu a colar recados em suas empresas sobre liberdade do voto

A juíza do Trabalho Carolline Rebellato Piovesan obrigou o ex-prefeito de Porangatu, Eronildo Valadares, a colar comunicados em suas empresas sobre a liberdade do voto, conscientizando seus empregados sobre o direito de escolher livremente qualquer candidato no 2º turno da eleição presidencial.

A sentença foi uma resposta ao processo movido pelo Ministério Público do Trabalho depois de vazar um áudio do ex-prefeito dizendo que vai fechar suas lojas de material de construção se o candidato Lula, do PT, vencer a eleição.

Há cerca de uma semana, outra juíza proibiu Eronildo de ameaçar seus funcionários em relação a escolha do voto. Se ele não cumprir uma série de medidas impostas pela sentença, assinada na segunda-feira (17), pode pagar multa de R$ 100 mil.

Eronildo é empresário do ramo agropecuário e dono da Valadares Empresarial. No início do áudio que tem pouco mais de 1 minuto de duração, ele diz que os funcionários estão todos preocupados com o 2º turno da eleição. Ainda fala que parou de comprar produtos de fornecedores petistas.

“É isso que temos que estar falando, mostrar o seguinte: se querem o emprego, que deem valor em quem arruma emprego, quem dá a oportunidade para eles trabalharem. Se não, vão ter que procurar o pessoal do PT para arrumar emprego”, disse o ex-prefeito.

Assim que o áudio veio à tona, o empresário se pronunciou por meio de nota. Ele disse que o áudio foi distorcido e que nunca obrigou qualquer colaborador a seguir seus ideais políticos, bem como tem garantido a liberdade do voto livre e secreto.

Informações G1/ GO

'Se não, vão ter que procurar o pessoal do PT para arrumar emprego', disse o empresário Eronildo Valadares em um áudio. Em caso de descumprimento, ele pode pagar multa de R$ 100 mil
‘Se não, vão ter que procurar o pessoal do PT para arrumar emprego’, disse o empresário Eronildo Valadares em um áudio. Em caso de descumprimento, ele pode pagar multa de R$ 100 mil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui