home Capa Explosivos da FAB encontrados em Jaraguá ganha reportagem na TV Globo

Explosivos da FAB encontrados em Jaraguá ganha reportagem na TV Globo

Reportagem que foi ao ar no Bom Dia Brasil/TVGlobo, mostra que moradores ficaram assustados depois que quatro artefatos explosivos de uso exclusivo da Força Aérea Brasileira (FAB) caíram do céu em Jaraguá, na região central de Goiás. Conhecidas como “flares”, as armas são utilizadas em treinamentos da corporação, e foram encontradas em datas e fazendas diferentes da região. Os objetos foram detonados pela Polícia Militar.

 

O flare tem cerca de 15 centímetros, e é usado para interceptar mísseis guiados pelo calor. Trata-se de um objeto feito com material inflamável, que produz efeitos de luz parecidos com fogos de artifício ou sinalizadores de emergência. Quando lançado pelo piloto, a alta temperatura atrai o míssil, que não consegue atingir a aeronave.

 

O Comando da Aeronáutica informou à TV Anhanguera que os artefatos são os mesmos usados em treinamentos de aviões que saem da Base Aérea de Anápolis, a cerca de 80 km de Jaraguá, para fazer simulações de combate na região. A corporação informou que abriu uma investigação técnica para apurar o caso.

 

Os explosivos foram encontrados por fazendeiros de Jaraguá nos últimos 20 dias. A inscrição em inglês com o alerta de que se tratava de um objeto “explosivo e inflamável” assustou os produtores rurais e vários moradores da cidade, que tem cerca de 40 mil habitantes.

 

O feirante Evanilton Rodrigues Guimarães conta que ficou surpreso e achou que os explosivos tivessem sido deixado nos locais por criminosos. "Fiquei encabulado, ver esse ‘trem’ acontecer em um lugar igual o nosso aqui, que não tem movimento de bandidagem nem nada”, questionou.

 

Detonação

 

Normalmente o objeto se desintegra no ar, antes de cair no solo, o que não aconteceu com os explosivos encontrados em Jaraguá. Por conta disto, a PM foi acionada para detonar os flares, nas fazendas onde eles foram encontrados.

 

Por se tratar de um material que pega fogo facilmente, policiais fazem um alerta sobre o perigo de ser manuseado por pessoas despreparadas. Segundo a corporação, os moradores que encontrarem artefatos semelhantes devem manter distância e acionar a polícia militar.

"Não mexer, não tocar, não remover até constatar ali a presença do pessoal especializado, que é o Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar de Goiás", alertou.

 

O protético Isac Alves de Oliveira ficou com medo, e curioso para saber de onde vinha o objeto “estranho”. "Estou assustado, com medo, como que isso foi parar aqui né?", disse.


Folha de Jaraguá

 

Livre de vírus. www.avast.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *